Denuncie  

Comerciante prometeu R$ 6,4 mil a grupo por roubo de carga de cimento, diz PM

Suspeito de ser o mandante do crime, dono de um depósito de material de construção, é irmão de uma ex-candidata à prefeitura de Salto de Pirapora (SP)

 

 

O comerciante detido por suspeita de ser o mandante do roubo de uma carga de cimento em Salto de Pirapora (SP) teria prometido R$ 6,4 mil ao grupo pelo crime, segundo informações da Polícia Militar. O caso foi registrado por volta das 22h desta segunda-feira (12), quando o motorista de um bitrem carregado com cerca de 800 sacos de cimento foi abordado por três criminosos próximo a uma fábrica localizada no quilômetro 4 da rodovia João Guimarães.

Além disso, o susposto mandante, Elias Canário Sobrinho, de 49 anos, é irmão de uma ex-candidata à prefeitura da cidade. Ninguém da defesa do suspeito foi encontrado para falar sobre o caso.

Ainda segundo a PM, o motorista, de 62 anos, foi abordado por três criminosos armados no momento em que fazia a amarração da carga para seguir viagem para São Paulo. Ele foi colocado em um carro e levado a um matagal, onde ficou por cerca de três horas sob a mira de dois suspeitos.

Enquanto isso, o bitrem foi levado pelo terceiro criminoso a uma loja de material de construção, que fica localizado na região central de Salto de Pirapora. No local, a carga foi descarregada.

 

Motorista feito refém

 

Depois que os criminosos concluíram a ação, o motorista do bitrem que sofreu ferimentos no rosto por causa de uma coronhada, foi liberado e acionou o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) , que solicitou o apoio da Guarda Municipal de Salto de Pirapora.

A partir das informações passadas pela vítima, a PM localizou dois suspeitos que estavam com o carro usado no sequestro, além do bitrem vazio e abandonado em uma área de Sorocaba (SP).

Já os guardas municipais chegaram até o depósito onde os sacos de cimento roubados estavam escondidos.

Os dois suspeitos de participarem do roubo e do sequestro admitiram à polícia que Elias Canário Sobrinho foi o mandante do crime. Eles e o comerciante foram levados à delegacia de Salto de Pirapora, onde foi registrado boletim de ocorrência sobre o caso.

A polícia ainda procura por mais dois homens suspeitos de envolvimento na ação, que teriam sido os responsáveis por abandonar o bitrem em Sorocaba. A carga roubada foi devolvida à empresa.

 

Fonte; G1

 

Please reload

Please reload

 Arquivo  
Please reload

 Posts Recentes  

Assembleia realizada em 05/11/2019

1/10
Please reload

 Posts de Destaque